Minha atuação em defesa do meio ambiente

Comemorei ontem (terça, 05), o Dia Mundial do Meio Ambiente, discutindo esse importante tema com amigos e profissionais desse segmento fundamental para a vida de todo o nosso planeta. Quem me conhece bem sabe que sempre estive comprometido com questões relativas ao Meio Ambiente. Já no meu primeiro mandato como vereador, lancei o movimento “Niterói Praia Limpa” para sensibilizar as autoridades e a sociedade em geral sobre a importância de realizarmos um trabalho que, a médio prazo, contribuísse para despoluir as nossas lindas praias da Baía. Depois elaborei e consegui aprovar o projeto de lei sugerindo a criação do Índice Municipal de Balneabilidade das Praias.

Tenho diversas outras ações voltadas ao Meio Ambiente. Sou autor da lei que protege o Costão de Piratininga, propus a criação do Bosque Lagunar de Itaipu que visa proteger a fauna e a flora para preservação da biodiversidade do ecossistema e elaborei também a lei que obriga as edificações a estabelecer conexão com a rede oficial de coleta e tratamento de esgotos onde ela se faz presente.

Apresentei o projeto de lei Sistemas de Aquecimento Solar de Águas e do Aproveitamento de Águas Pluviais que incentiva o aquecimento de água por energia solar e criei a chamada Lei do Reúso de Água que obriga as novas edificações a terem reservatório para captação da água da chuva. Ainda pensando em reaproveitamento desse bem tão precioso da humanidade, criei o projeto de lei Água Cinza, que institui mecanismos de estímulos a instalação do sistema de reutilização da água usada em chuveiros, banheiras, lavatórios, tanques e máquinas de lavar, a “água cinza”.

Sou também responsável pela Lei conhecida como APA da Água Escondida, a grande área de proteção ambiental que ocupa 650 mil hectares entre os bairros do Pé Pequeno, Fátima, São Lourenço, Fonseca, Cubango e Santa Rosa. Elaborei ainda a lei que institui e reconhece o Caminho de Darwin como parte da Área de Especial Interesse Turístico (AEIT) e integrante do Plano de Trilhas do Município. E para preservar a fauna e a flora, sou autor do projeto de lei que cria o Monumento Natural de Itacoatiara, composto pelo Costão, Praia de Itacoatiara, Prainha, Pedra do Pampo e Morro das Andorinhas.

Isso ainda não é muito, pois em tempos de desmatamento e de degradação ao Meio Ambiente é muito importante que cada um faça a sua parte. E comecemos por pequenas ações, como não desperdiçar água, reciclar o lixo, economizar energia e andar mais a pé ou de bicicleta. Faça a sua parte, todos temos com o que contribuir!