Mais segurança para a Baixada e a Região dos Lagos

A Baixada Fluminense e a Região dos Lagos vão ganhar três novos batalhões da Polícia Militar em Nova Iguaçu, Itaguaí e Araruama. A escolha por estas cidades se dá em razão do aumento de empreendimentos urbanos como o Arco Metropolitano e o Comperj, por exemplo. Além, claro, do fato de ajudar na interface entre os batalhões e as delegacias locais.

Na Baixada, Nova Iguaçu – que antes era atendida pelo 20º BPM (de Mesquita) – vai ter um batalhão exclusivo (1º BPM), para atuar na área das 52ª, 53ª e 58ª delegacias de Polícia Civil. Já Itaguaí e também Seropédica terão o policiamento feito pelo 42º BPM, que vai abranger as circunscrições das 48ª e 50ª delegacias.

Na Região dos Lagos, Araruama e Saquarema – assim como os municípios vizinhos de Rio Bonito e Silva Jardim – vão ser atendidas pelo 13º BPM, que corresponde à região das 118ª, 119ª, 120ª e 124ª DPs. Sendo assim, o 25º Batalhão da PM em Cabo Frio ficará somente com os municípios de São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Búzios, Iguaba Grande e Arraial do Cabo.

A melhor distribuição do efetivo da Polícia Militar é, sem dúvidas, um dos mais significativos benefícios para os moradores destas cidades, que ganham com a melhoria na prestação do serviço. A autorização para instalação dos batalhões foi publicada esta semana no Diário Oficial do Estado.

Mais três batalhões da PM para mais segurança da população

Segurança Pública sempre foi um assunto recorrente no meu blog. Um tema relevante e necessário que ganhou merecido destaque quando, há poucos dias, o governador Pezão anunciou a implantação de mais três batalhões da Polícia Militar no estado, que deverão ser instalados até o fim do ano.

As unidades serão em Nova Iguaçu, Itaguaí e outro na Região dos Lagos. Além disso, logo será apresentado um plano para o setor de segurança, válido até 2020, que prevê o aumento do efetivo. Serão 54 mil novos policiais até o fim do ano.

Essa questão da sensação de insegurança da população é algo que muito tem se falado. Assim como muito tem sido feito para reverter o quadro. Eu, como militante antigo da área que sou, tenho a segurança como prioridade, e também tenho agido, até onde tenho alcance, em busca de soluções.

Tenho me mantido empenhado para que um dos novos batalhões possa atender o Leste Fluminense, dividindo a área do 35º BPM de Itaboraí, o 12º BPM de Niterói, também responsável pelo patrulhamento de Maricá, com o 25º Batalhão de Cabo Frio.

Segurança Pública sempre será um problema de todos, e todos precisamos intervir em busca do nosso maior bem comum: a tranquilidade de estarmos seguros. O anúncio dos três novos batalhões é um grande ganho para nosso estado. Estamos no caminho certo.