A luta continua!

Quero aproveitar esse espaço para agradecer a todos o apoio que tenho recebido nesses últimos dias. Com certeza, são as palavras de carinho e solidariedade, que nos fortalecem. E reafirmo que a luta continua!

Como todos também sabem, minha ideia inicial era vir candidato a deputado federal, mas por uma vontade do partido, meu nome foi indicado a vice na chapa do governador Pezão. E como tudo pode mudar, também por decisão do PDT, deixei de concorrer à vaga, e sigo como coordenador da campanha majoritária.

O que posso dizer agora é que não vou me abater. Sigo em frente apoiando Pezão, e conto com vocês para o reelegermos governador! A candidatura de Pezão é muito importante para dar continuidade ao processo de mudanças que vivemos nos últimos anos em nosso estado.

A campanha já começou e até outubro, temos um longo caminho a percorrer. Mas, com certeza, será um caminho vitorioso! Lado a lado com Pezão vamos percorrer cada canto do nosso estado e propagar essa ideia. A mudança só começou.

Mais uma vez, muito obrigado a todos que demonstraram amizade e carinho quando mais precisei. Quem conhece minha trajetória sabe dos meus princípios e o quanto luto por uma política ética e transparente. Vou em frente de cabeça erguida. Sempre.

Minha indicação à vice-governadoria do Estado

Ontem, durante a reunião do diretório estadual do PDT, foi aprovado o indicativo de manutenção da aliança firmada entre o nosso partido e o PMDB, garantindo poderes para a executiva estadual concluir as negociações a esse respeito até a convenção partidária que acontece em junho.

Meu nome foi indicado pelo partido para compor a chapa com o governador Luiz Fernando Pezão, pré-candidato à reeleição ao Governo do Estado. Isso me coloca numa posição de grande responsabilidade, como representante do PDT nessa empreitada.

Com isso, firma-se um novo cenário diferente do qual vínhamos traçando desde que deixei oficialmente a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca (a Sedrap), e reassumi minha cadeira na Alerj, na expectativa de vir candidato a deputado.

Quero dizer que esse resultado é a continuidade de um compromisso assumido há quatro anos, quando fui eleito deputado estadual e, pouco depois, quando assumi a Sedrap, de poder fazer mais por Niterói e pelo nosso estado. A chance de seguirmos adiante com nosso trabalho em benefício da população.

Essa projeção não era algo que pensava de imediato, confesso. Meu objetivo, como disse há pouco, era vir como deputado federal, no intuito de, assim, poder fazer ainda mais por Niterói. Mas, se nesse momento, o PDT sente a necessidade de que meu nome faça parte dessa chapa majoritária, estou pronto para encarar mais este desafio.

A candidatura de Pezão é muito importante para dar continuidade aos avanços que vivemos nos últimos anos em nosso estado, e o nosso partido reafirma sua crença nesse companheiro.

Reassumo o compromisso de defender as bandeiras do PDT e de Leonel Brizola, como sempre fiz ao longo da minha trajetória na política desde a infância, quando aos nove anos fundei o Comitê Mirim. Posso dizer com orgulho que o PDT faz parte da minha vida.

Este será, claro, um desafio muito maior. Mas seguirei firme honrando o histórico de lutas, conquistas e ideais de Brizola e do PDT. Um partido que fez história no Estado do Rio de Janeiro, sempre ao lado do povo trabalhador.

Caio Martins: governo quer ideias para revitalizar e modernizar o complexo esportivo

Hoje tivemos uma reunião bem interessante no Palácio Guanabara. O governador reuniu o prefeito de Niterói, vereadores, deputados e secretários de Estado. Sua intenção era ouvir os representantes da cidade de Niterói sobre o que pensavam a respeito do estado atual do Caio Martins e o que pensavam sobre o seu futuro. O encontro fluiu de forma muito positiva.

O complexo do Caio Martins está há décadas sem passar por obras de modernização. Além disso, com a evolução das regulamentações esportivas, há muito seus equipamentos não podem mais ser utilizados para competições profissionais: nem o estádio, nem o ginásio nem o parque aquático.

A enorme área ocupada pelo complexo acabou se tornando bastante subutilizada. O entorno do estádio tornou-se inclusive uma região insegura. O mercado imobiliário, que está ocupando todos os espaços disponíveis no Jardim Icaraí, já demonstrou interesse no local. No entanto, é impossível imaginar aquela área sem a presença de espaços públicos de convivência e de prática esportiva.

É preciso fazer a drenagem dos dois rios que passam embaixo do estádio, para resolver o problema das enchentes que afetam a região chuva após chuva. É preciso fazer a abertura de vias para ajudar a desafogar o trânsito. É preciso, mais que tudo, que aquele espaço volte a dialogar com o bairro e com a cidade no qual está inserido.

O governador posicionou-se de forma correta. Primeiro esclareceu que não tem nenhum projeto para o complexo esportivo – possui apenas a ideia de revitalizar o local e quer, para isso, contar com a participação da população. Afirmou também que o Estado não tem todos os recursos necessários para a intervenção e que vai precisar do apoio da iniciativa privada. Em seguida, ouviu os presentes. Ao fim da reunião, o desenho ficou assim:

O Estado irá lançar um edital público para que a iniciativa privada apresente projetos para revitalização da área, nos moldes do que foi realizado com a revitalização da zona portuária carioca;

  • Ficou estabelecido que não será aceito nenhum projeto que inclua a construção de novos apartamentos;
  • Os projetos deverão incluir a construção de arena multiuso, restaurantes, vagas de estacionamento e todos os itens requisitados para os complexos esportivos modernos do mundo.

Nesta terça-feira dia 03/05, a Câmara de Niterói fará uma audiência pública para tratar do assunto, com início às 20h. Eu estarei lá, junto com meus colegas Régis Fichtner, chefe da Casa Civil, e Márcia Lins, secretária de Esportes, que falarão em nome do governador. Espero encontrar vocês também para que todos possamos colocar nossas opiniões, favoráveis e contrárias, para definir o melhor destino para aquele local.