Rota 116 está dormindo no ponto

Sou usuário assíduo da RJ 116 e pude conferir o excelente trabalho feito pelo DER na recuperação do trecho entre Macuco e Pádua. A estrada, agora, é outra. Ela recebeu novo asfalto, acostamento e está devidamente sinalizada.

Ainda há alguns pontos inacabados, aguardando obras nas encostas entre Macuco e Ponto de Pergunta. Apesar disso, o resultado do trabalho é realmente bom.

O mesmo não posso dizer do trecho administrado pela concessionária Rota 116. A empresa que devia cuidar permanentemente do percurso de Itaboraí até Macuco pouco investiu na rodovia.

Até Friburgo, mesmo tendo alguns trechos de asfalto recuperado, a pista tem muitas deformações. De Friburgo até Bom Jardim, a estrada continua castigada pelas as chuvas de janeiro. De Bom Jardim até Macuco, as obras de construção do acostamento estão em ritmo muito lento e o novo trevo da segunda entrada de Cordeiro está parado a meses.

Chega ser engraçado, sair do trecho cheio de problemas, mas com pedágios, e entrar em uma bela rodovia recuperada pelo governo federal e sem pedágio. As nossas estradas são o principal fator de desenvolvimento e integração do nosso Estado e elas precisam estar bem conservadas. Rota 116, vamos acordar! Estou de olho.

Linha 3 do Metrô pro trânsito não parar de vez

Sempre que vou ao Rio de Janeiro posso observar de perto como se comporta o trânsito que liga Niterói à capital estadual. Em poucas palavras posso dizer que ir de carro ao Rio pode atrasar meus compromissos.

Os problemas de trânsito de São Gonçalo têm reflexo direto em Niterói e vice-versa. Ou seja, é preciso ter integração entre as políticas públicas voltadas para o transporte da Região Metropolitana.

É preciso avaliar a questão da mobilidade urbana como um todo. Os problemas de um município não se resolvem sozinhos, precisam ser solucionados em articulação com as cidades vizinhas. O trânsito e o transporte desta Região estão diretamente interligados.

Por isso vou continuar minha luta, iniciada em 2001, pela linha 3 do metrô, que ligará o Rio/Niterói/São Gonçalo/Itaboraí.
Defendo a implantação urgente da linha 3 e acredito que para atender a demanda é preciso que haja integração com os sistemas de transportes das cidades atingidas.