A qualificação profissional em destaque

Hoje fiz uma visita especial ao Núcleo Avançado de Educação em Tenologia de Alimentos e Gestão de Cooperativismo (NATA), implementado no Colégio Estadual Comendador Valentim dos Santos Diniz, no Colubandê, em São Gonçalo.

O NATA é um projeto realizado por meio da parceria entre o Governo do Estado e o Grupo Pão de Açúcar, que une educação, pesquisa e indústria. Um novo modelo de ensino integrado com formação profissional no setor alimentício.

Os cursos oferecidos pelo NATA têm duração de três anos em horário integral, das 7h às 17h30. A primeira formação profissional oferecida, Leite e Derivados, surgiu em agosto de 2009, hoje com 240 alunos.

Em 2010, a escola passou a oferecer também a formação profissional em Panificação e Confeitaria, que conta atualmente com 120 matriculados. E estão em planejamento mais duas formações profissionais: Manipulação de Vegetais e de Embutidos.

A estrutura do colégio conta com salas de aula multimídia, sala de informática, sala de artes, quadra poliesportiva, espaços para convivência dos alunos, refeitório, laboratório de microbiologia, laboratório de físico-química, usina piloto de laticínios e usina piloto de panificação.

Os profissionais formados pelo NATA são jovens concluintes do Ensino Médio que participaram da formação profissional na área de alimentos e possuem conhecimento especializado para ingressar no mercado de trabalho como técnicos.

A escola, que foi classificada em 1º lugar no município de São Gonçalo e em 3º no Rio, no ranking de escolas estaduais do Enem 2012, formou seus primeiros 91 alunos em técnicos de alimentos em 2011. E no ano seguinte, foram mais 94 formandos.

Com as oportunidades geradas pela formação no NATA, os novos técnicos chegam a duplicar a renda mensal de suas famílias, além de incentivar muitos ex-alunos a seguirem para o ensino superior. Dentre eles, 45% ingressaram em diversas universidades do Rio de Janeiro. É educação de qualidade fazendo a diferença.