Vamos praticar o cicloturismo!

No próximo domingo, dia 26, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca (Sedrap) vai lançar o Pedal Cultural, projeto de cicloturismo com visita guiada por pontos históricos, turísticos, culturais e ambientais de Niterói.

Começando pelo Centro da cidade, o roteiro inclui o prédio dos Correios, o Paço Municipal, a Casa Norival de Feitas, a Câmara dos Vereadores, a Praça da República, o Fórum, a Igreja Nossa Senhora da Conceição, o Palácio Arariboia e o Teatro Municipal João Caetano.

Não faz muito tempo, o hábito de pedalar no Brasil era algo pouco comum. Mas hoje, segundo uma pesquisa encomendada pela Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de produtores de bicicletas, sendo o quinto maior consumidor do mundo.

Pode parecer muito, e é. No entanto, se levarmos em conta que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) possui normas de conduta para o tráfego compartilhado de veículos motorizados e bicicletas, devemos persistir em ações que estimulem ainda mais a sua utilização. Eu mesmo sempre fiz essa cobrança.

Uma discussão que iniciei quando fui vereador de Niterói e busquei garantir quando elaborei o Estatuto da Bicicleta. Pedalar é um hábito saudável, que está conquistando cada vez mais adeptos, além de ser um modo de vida muito mais prático. E ações que incentivem o uso das bikes são muito importantes.

A decisão de começar o cicloturismo por Niterói se dá porque nossa cidade é plana de fácil locomoção, ideal para o uso das magrelas que permite desbravar pontos turísticos com paradas para contar a história do município. Tudo isso aproveitando as belezas naturais que temos, tendo a bicicleta como transporte.

Unindo o útil ao agradável, o projeto busca também vencer o desafio de incorporar o uso de bikes no dia a dia de um país onde a cultura de progresso ainda é ter carro. O Pedal Cultural vai explorar uma região a cada mês, com roteiros programados para revelar importantes aspectos que muitas vezes passam despercebidos em áreas do cotidiano das pessoas.

A concentração do Pedal Cultural será às 8h na Praça Leoni Ramos, na Cantareira. Os interessados em participar devem fazer a inscrição doando uma lata de leite em pó, tendo direito a sorteio de brindes. Exercite o corpo e desenvolva a mente. Vamos praticar o cicloturismo!

Postado em Cultura, Mobilidade Urbana e tageado com , , por Felipe Peixoto. Favorite o link.

Sobre Felipe Peixoto

Sou Felipe Peixoto, niteroiense com muito orgulho, casado com Graziela, pai de Clara e Mariana e vice-presidente do PSB. Tenho 40 anos, todos eles vividos em Niterói. Minha paixão pela política vem desde a infância. Comecei bem cedo, aos 9 anos, instalando na garagem da minha casa, no Pé Pequeno, em Niterói, um comitê mirim para a campanha de Darcy Ribeiro a governador do Estado do Rio em 1986. Adquiri muitas experiências ao longo desses 30 anos, 18 deles dedicados ao serviço público, e todos essenciais para o meu amadurecimento e preparo para seguir firme, adiante, na luta em defesa por melhorias da qualidade de vida da população. Conheça mais sobre minha trajetória no meu site: www.felipepeixoto.com.br. Acompanhe lá detalhes das leis que apresentei na Assembleia Legislativa do Estado do Rio e na Câmara Municipal de Niterói, cidade onde nasci, sempre vivi e escolhi para continuar com minha caminhada, servindo ao povo e criando minhas filhas.

3 comentários em “Vamos praticar o cicloturismo!

  1. Muito boa iniciativa, gostaria de sugerir um roteiro itinerante incluindo outros bairros nos finais de semana e assim “contagiar” todos os ciclistas de Niterói.
    A região oceânica, com belas paisagens e lindas praias, deveria ter um roteiro fixo para os finais de semana, movimentando o pessoal daqui.

  2. Acho de grande importância esta mobilização. Utilizo diariamente minha bicicleta. O que não pode é continuar como está: bicicletas de entregadores e ciclistas sobre a calçada desrespeitando o CTB e os pedestres, na contra mão do fluxo, desrespeito na faixa de pedestre entre outros absurdos que vejo todos os dias em Niterói.

  3. PARABÉNS!!!
    O Turismo e uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento de uma localidade ou região, onde podemos e devemos aprimorar e qualificar as diversas fases da cadeia produtiva do turismo.
    O Turismo associando a História, a Cultura e ao Esporte, gera sem sombra de duvidas o Desenvolvimento Regional, a Sustentabilidade, Preservação ao Meio Ambiente e o bem estar da população com a melhora da qualidade de vida, além de intensificar geração de emprego e renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *